13 fevereiro, 2015 |Curiosidades, Notícias |Nenhum comentário
Enviar por e-mail

Beijo na boca pode transmitir doenças como a cárie

Pesquisadores da Organização Holandesa para Pesquisa Científica Aplicada revelaram que um beijo de dez segundos pode transferir até 80 milhões de bactérias. Por meio delas, há a possibilidade de se contrair diversas doenças, desde um resfriado até a meningite. A cárie também está entre elas.

Isso ocorre, segundo os especialistas, devido à troca salivar e pelo fato de a boca ser úmida e escura, local propício para que os microrganismos que nela habitam se desenvolvam.

Confira abaixo algumas doenças que podem ser transmitidas pelo beijo, com informações do cirurgião-dentista Pedro Augusto Benatti, CRO-SP 90260, da Benatti Odontologia.

    1. Gripe

O vírus da gripe, inclusive o H1N1 (suína), pode ser transmitido pela saliva.

    1. Mononucleose ou “doença do beijo”

Depois de infectada pelo vírus Epstein-Baar (EBV ou HHV-4), o qual fica incubado no organismo de 30 a 45 dias até a doença se manifestar, a pessoa o repassa por meio do beijo ou por objetos contaminados com seu sangue. Os sintomas são parecidos com os da gripe: febre, tosse, perda de apetite, calafrios, indisposição etc.

    1. Herpes

Os sintomas da doença são as lesões cutâneas com líquidos claro ou amarelado entorno dos lábios, formando pequenas crostas. Quando elas rompem, causam coceira, ardor e formigamento que podem durar até uma semana.

    1. Meningite

A meningite meningocócica é uma inflamação das meninges causada pela bactéria Neisseria meningitidis, também conhecida como “meningococo”. É uma doença cujo potencial de contágio pode ser aumentado em até 4 vezes em quem costuma beijar múltiplos parceiros (e, aqui, estima-se que “múltiplos parceiros” correspondam a uma média de 7 pessoas num prazo de duas semanas). Entre os sintomas estão: febre, dor de cabeça, vômitos, diarreia e rigidez em alguns músculos, podendo haver danos neurológicos irreversíveis (como a surdez) e ser até mesmo fatal (se não diagnosticada precocemente).

    1. Sífilis

Embora seja mais conhecida por ser uma doença sexualmente transmissível (DST), também pode ser passada pelo beijo – quando o indivíduo infectado com a bactéria Treponema pallidum tem uma lesão nos lábios ou na boca. Com ela, surgem feridas indolores na gengiva, nos órgãos genitais e nas palmas das mãos e dos pés, além de febre, tosse, manchas avermelhadas, alteração do sistema nervoso central e dores de cabeça, na garganta e no corpo.

    1. Cárie

Muita gente não sabe, mas a cárie é uma doença infecciosa e transmissível pela saliva. A cárie surge devido aos resquícios de alimentos que ficam nos dentes e levam ao acúmulo de bactérias, as quais, em contato com o açúcar ingerido, produzem um ácido que desmineraliza o dente. A segunda causa é a transmissão causada pelo beijo na boca e o uso de talheres não lavados de outras pessoas – por exemplo, quando alguém oferece a você (no talher dele) algo que está comendo.

Outras consequências

Entre as doenças que são causadas pelo beijo, estão também a faringite, laringite, amigdalite, e as mais sérias, como a tuberculose, hepatite e o HPV. A recomendação, portanto, é ter atenção redobrada com quem se beija, para evitar que esse ato prazeroso traga consequências ruins à saúde.

Enviar por e-mail



Tags: , , ,

Comentários

APOIO: