23 abril, 2014 |Notícias, Saúde bucal |Nenhum comentário
Enviar por e-mail

Cinco dicas para escolher a escova de dente certa

Escolher a escova de dente adequada não é uma tarefa fácil, já que o mercado oferece cada vez mais opções. Por isso, o Cirurgião-Dentista Cláudio Mendes Panucci (CRO 49866) preparou algumas dicas. Fique de olho!

1. Escolha as escovas de dente que têm cerdas da mesma altura, pois elas proporcionam limpeza mais eficaz.
2. Opte pelas versões macias ou médias, porque as duras são contraindicadas por poderem machucar a gengiva.
3. As escovas elétricas também são ótimas alternativas, pois, apesar de terem um custo elevado, elas fazem o movimento correto na hora de fazer a limpeza, tornando fácil, também, a escovação de quem tem dificuldade motora.
4. As escovas interdentais são indicadas para limpar entre os dentes quando o paciente tem retração gengival, mas é necessário utilizá-las apenas com a orientação profissional.
5. A escova de dente deve ser substituída quando as cerdas estiverem abertas, porque ao perderem a forma, elas não conseguem remover as placas bacterianas.

Armazenagem e higienização

Independentemente do formato, há também alguns cuidados na hora de armazenar a escova, para que não haja contato com bactérias.

• É de extrema importância lavá-las muito bem com água corrente e secá-las.
• Leve-a na bolsa dentro de caixinhas de transporte.
• No banheiro, escolha locais fechados como gavetas e armários, ou use capinhas próprias para escovas de dente, já que no ar há partículas de fezes quando a descarga é acionada, além de outras bactérias que são depositadas na escova quando está exposta.

Enviar por e-mail

Comentários

APOIO: