23 dezembro, 2014 |Notícias, Saúde bucal |Nenhum comentário
Enviar por e-mail

Como evitar as placas bacterianas

A placa bacteriana, ou biofilme dental, é uma película pegajosa que se deposita sobre os dentes e é constituída de restos de alimentos, bactérias e células descamadas. Ela é incolor, mas sua presença pode ser sentida pelo contato da língua nos dentes, transmitindo uma sensação de aspereza e rugosidade. Pode também se acumular em outras áreas, como na superfície da língua, causando mau hálito.

O acúmulo de placa bacteriana é a principal causa de cáries, gengivite e doença periodontal. Quando endurece (mineraliza), ela se transforma no tártaro. Se não for removida por longos períodos, fica visível, como uma camada amolecida e esbranquiçada.

De acordo com a cirurgiã-dentista Mariana Milan Fabrini, CRO-SP 81796, a melhor opção de tratamento é o controle e remoção da placa bacteriana, a fim de evitar o desenvolvimento de cáries ou problemas periodontais.

“A prevenção pode ser feita pelo próprio paciente em casa, com uma boa higiene bucal que inclui escovação adequada e uso de fio dental, e no consultório odontológico, pelo dentista, por meio de profilaxia (prevenção), raspagem quando necessário e polimento coronário”, explica Mariana. 

A dentista reforça a necessidade de realizar consultas a cada seis meses, para a profilaxia e controle de tártaro e placa bacteriana. No entanto, se o paciente notar qualquer alteração na sua condição bucal, deve imediatamente ir ao dentista. “Pacientes que apresentam alto índice de cáries, gengivite e doença periodontal necessitam frequentar mais vezes o consultório odontológico durante o ano”, frisa.

 Dicas

  • Escove os dentes adequadamente e passe fio dental.
  • Escove a língua para diminuir o acúmulo de placa bacteriana e, consequentemente, o mau hálito.
  • Evite a ingestão frequente de açúcares. A dieta tem um peso importante na formação da placa.
  • Visite o dentista regularmente, pois é ele quem pode identificar as placas com substâncias químicas existentes para isso.
Enviar por e-mail



Tags: ,

Comentários

APOIO: