18 maio, 2015 |Saúde bucal |Nenhum comentário
Enviar por e-mail

Como incentivar as crianças a escovarem os dentes

Quando os bebês e seus dentes crescem, os pais devem ensiná-los, tornando o momento da escovação mais divertido para que a criança não o sinta como obrigação. Para isso, há alguns truques sugeridos por especialistas.

A rotina é a mesma indicada aos adultos: todas as vezes em que acontecer uma refeição, deve haver a higienização bucal em seguida. “A escovação dos dentes e da língua deve ser feita com uso do creme dental apropriado, além da utilização de fio dental e um enxaguante, caso seja indicado pelo dentista”, explica o cirurgião-dentista Alessandro Schwertner, CROSP 9278, da Ortoplan Especialidades Odontológicas.

As entidades de Odontologia e o Ministério da Saúde recomendam que, para crianças de até 2 anos, seja usada a quantidade de pasta dental equivalente a um grão de arroz cru. Depois, que se evolua gradativamente, até o tamanho de um grão de ervilha. Além disso, é preciso que os pais monitorem a escovação para que a criança não faça a ingestão do dentifrício.

O profissional ressalta que é importante que a criança faça a escovação corretamente, para evitar cáries e evoluções do quadro para o canal. “A dor que ela irá sentir é a mesma sentida por um adulto, sem contar que a extração antecipada pode prejudicar até a arcada dentária e levar ao uso de aparelhos ortodônticos, por exemplo”, alerta e acrescenta: “Prevenção sempre é a melhor solução”.

Para incentivar o ato de higienização bucal, o ideal é que os pais ou responsáveis achem uma forma de explorar a imaginação dos pequenos. “Vale contar histórias de bichinhos que comem tudo o que é doce e gostoso. Isso incentiva a criança a querer proteger os dentes”, exemplifica Alessandro.

Ele lembra que existem as escovas elétricas “kids”, uma forma divertida de higienização que elas adoram. “Além disso, as escovas convencionais são coloridas, com desenhos e vários formatos para promover o lúdico, para a criança gostar e ter prazer de escovar os dentes. Isso depende sempre, inclusive, de os pais incentivarem com frases positivas”, ensina o cirurgião-dentista.

O Colégio Renovação, de São Paulo (SP), tem experiência em deixar o momento da escovação mais divertido. “Essa prática é feita na escola logo após o lanche do período, sempre acompanhado pela responsável pela classe. Colocamos música para que as crianças associem a letra aos movimentos, o que facilita a compreensão da importância da higienização bucal”, relata Cristina Martin, coordenadora pedagógica de Educação Infantil da instituição.

Escovas coloridas, música, histórias e demais interações: com tudo isso, não tem como o momento da escovação bucal ser desagradável nem para os filhos, nem para os pais.

Enviar por e-mail



Tags: , ,

Comentários

APOIO: