24 julho, 2015 |Curiosidades |Nenhum comentário
Enviar por e-mail

Cúrcuma é melhor que a pasta de dente?

No dia 20 deste mês, a chef de cozinha e apresentadora da GNT Bela Gil indicou em seu Facebook o pó feito com a raiz da planta cúrcuma (ou açafrão-da-terra, ou açafrão-da-índia) no lugar da pasta dental, afirmando que “não contém flúor, sulfato (…) e outros porcaritos [sic] mais”. A declaração gerou polêmica e, para muita gente, a dúvida: será que a cúrcuma realmente pode substituir a pasta de dente?

bela-gil-curcuma-pasta-de-dente
Publicação de Bela Gil sobre cúrcuma como substituta da pasta de dente

“Como docente e me baseando em pesquisas científicas sérias realizadas na área de saúde bucal, discordo da afirmação”, diz a professora doutora em Odontologia na Faculdade São Leopoldo Mandic, Fabiana Mantovani Gomes França. “Os componentes das pastas dentais trazem benefícios comprovados, não obtidos com a utilização da cúrcuma”, ressalta.

Após a publicação da apresentadora, o Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP), também alertou em seu site que “escovar os dentes com cúrcuma não tem base científica”.

Bela Gil diz em sua publicação que a cúrcuma “não tem efeito colateral (a não ser as manchas amarelas na escova e na toalha de rosto)”. Entretanto, para Fabiana, não mancha apenas os objetos: “O corante amarelado da substância pode deixar resíduos também nos dentes e nas gengivas com o uso contínuo”.

Sobre a pasta dental, considerada pela apresentadora como vilã, a professora esclarece que “ela não traz nenhum prejuízo, muito pelo contrário, pois é benéfica e promove saúde bucal”.

O flúor, outro criticado por Bela, se apresenta na água tratada e nas pastas dentais em quantidade inofensiva, pois precisa estar presente na cavidade oral para que se una ao cálcio do esmalte dental e, com isso, crie maior resistência à cárie. “Os fluoretos se ligam quimicamente ao cálcio do dente, que contém o mineral hidroxiapatita (hidrofosfato de cálcio), e formam a fluorapatita – mineral importante para a prevenção da cárie. Para isso acontecer, é preciso a higienização com pastas dentais fluoretadas”, explica.

A composição dos dentifrícios pode variar de acordo com a indicação – para prevenção de cárie, tratamento periodontal ou sensibilidade dental. De qualquer forma, apenas alguns componentes são acrescentados para esses casos. “Todas as pastas dentais possuem carbonatos, fluoretos e abrasivos. Os carbonatos e outros abrasivos atuam como agentes de limpeza de forma cientificamente comprovada”, salienta Fabiana.

“Gostaria de lembrar que a Odontologia e os procedimentos realizados pelos cirurgiões-dentistas são exaustivamente estudados por cientistas de todo o mundo, inclusive no Brasil, para garantir o melhor benefício aos pacientes em relação à saúde bucal. Sendo assim, a melhor dica a seguir é a do seu dentista”, finaliza.

Enviar por e-mail



Tags: ,

Comentários

APOIO: