27 fevereiro, 2015 |Estética dental, Notícias |Nenhum comentário
Enviar por e-mail

Para corrigir o sorriso desgastado

Se você está sofrendo de fortes dores de cabeça, tensão muscular, disfunções na articulação temporomandibular (ATM) e até mesmo a perda parcial ou total de um ou mais dentes, é possível que tenha algum tipo de desgaste na arcada dentária. Mas, o que fazer ao sentir esses sintomas?

A cirurgiã-dentista Juliana Benetti Barreto, CROSP 97889, conta que o desgaste nos dentes pode acontecer em consequência de abrasão, que é a força exagerada durante a escovação. “Podemos citar também a abfração, resultado de problemas na mordida proveniente de apertamento dental e casos de bruxismo, ou a erosão, causada pela ação de agentes químicos em contato com os dentes por meio da ingestão de muitos alimentos cítricos ou em função de problemas como a esofagite de refluxo”, explica.

Para acabar com esses incômodos, a especialista recomenda procurar o quanto antes o cirurgião-dentista. “É preciso conciliar o cuidado psicológico, com sessões de terapia, e o tratamento do desgaste dentário, com o uso de placa de mordida, que pode ser de resina ou de silicone. Em alguns casos, é necessária a confecção de coroas produzidas em laboratório”, indica.

Já para substituir a estrutura perdida, é necessário investir na restauração. “Assim, é possível proteger o que restou e, claro, devolver ao paciente a anatomia de seus dentes e as funções mastigatória, fonética e estética”, completa.

Os sintomas do desgaste nos dentes:

  • Fortes dores de cabeça.
  • Tensão muscular.
  • Cansaço.
  • Fadiga.
  • Problemas na ATM.
  • Irritação e dor.
  • Falta de mobilidade dentária.
  • Perda parcial ou total de um ou mais dentes.
  • Rompimento das fibras de sustentação dos dentes.
  • Enfraquecimento das estruturas dentárias.
  • Trincas e quebra dos dentes.
Enviar por e-mail



Tags: , , ,

Comentários

APOIO: