15 agosto, 2016 |Curiosidades, Saúde bucal |Nenhum comentário
Enviar por e-mail

Por que os atletas devem cuidar, também, da saúde bucal?

Todo mundo sabe que, para um atleta ter um bom desempenho, ele deve cuidar de vários aspectos da saúde. Ou seja, é preciso ter, pelo menos, o acompanhamento de um nutricionista, de um ortopedista e de um fisioterapeuta. Mas, e o dentista? Será que consultar-se com esse profissional é importante para garantir a boa performance esportiva?

Se você respondeu que sim, já é um bom começo. Afinal, cuidar da saúde bucal é mais importante do que se imagina, inclusive para quem pratica esportes. Por exemplo: a quantidade de carboidratos ingerida por um atleta e as bebidas energéticas que ele consome (todas ricas em açúcar e sais minerais) podem facilitar o aparecimento de cáries e da erosão ácida dos dentes. Esses pequenos probleminhas, que teriam sido evitados se um dentista tivesse sido consultado, podem gerar dor, sensibilidade exagerada, desconforto e, em alguns casos, até a perda dos dentes.

As doenças periodontais, então, podem gerar problemas ainda mais sérios. Devido ao seu quadro de infecção, essas complicações tendem a diminuir a imunidade do organismo, como afirma o cirurgião-dentista Fernando Aparecido Kawaguchi. Especialista em dentística, Fernando explica que, em casos assim, a resistência do corpo é comprometida devido a um círculo vicioso: de acordo com ele, uma pessoa com infecção bucal se alimenta mal, dorme mal, apresenta dificuldade de concentração e, com isso, tem o desempenho de suas atividades prejudicado.

Fernando ainda acrescenta que doenças periodontais muito severas são capazes de aumentar o risco de derrames e infartos. Isso acontece pela alteração das taxas de triglicérides no sangue, provocada pela infecção.

Outro cuidado importante é a utilização do protetor bucal, principalmente por atletas com maior chance de traumas durante a prática esportiva. Como ressalta o dentista Alexandre Barberini, o equipamento é eficaz na absorção do choque, além de evitar o hábito de apertar os dentes, prática comum entre pessoas que vivem sob pressão. Barberini ainda revela que atletas com excesso de cortisol no organismo tendem a sofrer de bruxismo e, assim, desenvolver outras complicações, como a enxaqueca e problemas na articulação temporomandibular (ATM). Por isso, procurar um profissional é a maneira correta de prevenir e evitar uma série de doenças.

Viu só? Os cuidados com a saúde bucal são mais necessários do que muita gente pensa, inclusive para quem pratica esporte. Então, já sabe, né? Se quiser ter um desempenho melhor ao praticar atividades físicas, inclua na sua lista o acompanhamento de um dentista.

Enviar por e-mail

Comentários

APOIO: