22 fevereiro, 2016 |Comportamento, Saúde bucal |Nenhum comentário
Enviar por e-mail

Um copo de água ao acordar pode reduzir o mau hálito

Uma pesquisa recente sugere que o hábito de beber água pela manhã pode reduzir o mau hálito matinal. Publicado no International Journal of Dental Hygiene, o estudo mostra que beber ou enxaguar a boca com um copo de água ajuda a remover até 60% das substâncias que contribuem para o mau hálito.

O mau hálito é um problema muito comum e pode ter diferentes causas, em geral relacionadas aos gases liberados pelas bactérias que revestem os dentes, gengivas e língua. Ao beber água, a hidratação da boca aumenta, assim como a produção de saliva, substância que ajuda a evitar a halitose. Além disso, a ingestão frequente de água ajuda a “lavar” a boca e a eliminar boa parte das bactérias ali presentes.

Apesar de mostrar os efeitos positivos da água, a pesquisa destaca que essa não é a única solução: existem formas mais eficazes de combater o mau hálito. Confira as recomendações.

1) Escovação diária

Para Michaela ONeill, presidente da Sociedade Britânica de Higiene Dental e Terapia (BSDHT), “A melhor maneira de vencer o mau hálito é garantir uma rotina eficaz de saúde bucal, o que deve envolver escovar os dentes antes de dormir e pelo menos em dois outros momentos durante o dia, com um creme dental com flúor”, aponta.

2) Fio dental e limpeza da língua

Os responsáveis pelo cheiro desagradável podem ser também os pedaços de comida que ficam presos entre os dentes e apodrecem. Para a limpeza adequada, passar fio dental pelo menos uma vez ao dia é essencial, bem como escovar a língua ou usar um raspador que remove mais bactérias.

3) Diário da alimentação

Quer saber se está com mau hálito? Faça o teste indicado por Nigel Carter, diretor da Sociedade Britânica de Higiene Dental e Terapia: “Você pode lamber o interior do pulso, esperar que a saliva seque e cheirá-lo. Se o cheiro for desagradável, você certamente sofre com mau hálito”.

Manter um diário de comidas e medicamentos consumidos pode ajudar o seu cirurgião-dentista a sugerir maneiras de evitar o mau hálito.

4) Não ignore o problema

 Além de provocar desconforto no cotidiano, o mau hálito (ou gosto ruim na boca) pode ser indicativo de problemas de saúde mais sérios, como: cárie dentária, gengivite, infecções na garganta, nariz ou pulmões, bronquite, sinusite, diabetes, problemas hepáticos ou renais.

Quanto mais cedo encontrar algum problema, mais eficaz será o tratamento, por isso visite regularmente o seu cirurgião-dentista.

Fonte: The British Dental Health Foundation

Enviar por e-mail



Tags: , ,

Comentários

APOIO: